Buscar
  • Leader Saúde

Por que ficamos doentes com mais frequência no frio? É possível morrer por causa dele?


Apesar de não haver evidências de que exista associação entre a tal da "friagem" e o resfriado, as pessoas realmente ficam mais doentes no inverno. A explicação seria porque os vírus estão mais ativos nessa época do ano e as pessoas tendem a ficar mais tempo em ambientes fechados, facilitando a transmissão de microrganismos.

Além disso, o frio pode provocar alergias e facilitar infecções. Quando a temperatura cai, geralmente o ar fica mais seco, o que resseca as mucosas do aparelho respiratório. Isso compromete a produção de secreções com anticorpos para a defesa do organismo, favorecendo o aparecimento de doenças respiratórias.

Aquele conselho de mãe para não esquecer o casaco também não tem muito a ver com gripes e resfriados. Porém, apesar de o moletom não impedir a doença, o choque térmico —do seu corpo quente com a temperatura fria do ar — faz com que o organismo aumente a produção de energia para deixar o organismo sempre na mesma temperatura. Isso provoca uma queda de imunidade que facilita o contágio de doenças.


Mas e morrer de frio, é possível?

Infelizmente, sim. Quando somos expostos a temperaturas muito baixas, nosso corpo apresenta uma queda na temperatura, que normalmente varia entre 36 e 37ºC, para valores abaixo de 35°C —um quadro chamado de hipotermia. A hipotermia normalmente ocorre quando existe a exposição a frios extremos, podendo apresentar tanto sintomas leves —frio nos pés e nas mãos ou tremores, por exemplo —quanto outros mais graves, como confusão mental e até a morte.


#SegueaLeader #SaudeLeader #SomosTodosLeader #Frio #Inverno #Resfriado #Gripe #Hipotermia

8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo