Buscar
  • Leader Saúde

Queijo e pão mofados? Saiba por que não consumir



Você abriu o pote do queijo que estava na geladeira e tomou um susto: um mofo gigante! Ou tomou o susto ao abrir o saco de pães. Aquele bolor nojento! Mas e agora? Jogo tudo fora? Ou, dependendo do caso, eu poderia consumir esses alimentos com mofo? Explicamos todos os detalhes no artigo a seguir. Acompanhe!


Consultamos uma pesquisa divulgada pela Food Standard Agency (FSA), uma agência que regula produtos alimentícios na Europa. A pesquisa recomenda, veementemente, para que você não coma alimentos mofados. Principalmente os grupos considerados vulneráveis, como crianças, idosos, mulheres grávidas e pessoas com sistema imunológico debilitado.


Ah, mas estava só com um pouco de bolor. O restante da peça do queijo não tinha mofo. E agora? Por serem queijos muito secos, os queijos de cheddar e parmesão não oferecem a umidade necessária para o bolor prosperar por completo. Se estiver somente na pontinha, poderia ser aproveitado neste caso. Mas com as devidas considerações já adiantadas acima.


E no saco de pão? Lá no fundo da embalagem, apenas uma fatia aparece com mofo. As demais, visualmente, estão ok. Se houver manchas de mofo laranjas, amarelas ou pretas, a pesquisa aconselha jogar o pão fora imediatamente. Seriam casos mais sérios e contagiosos de mofos.


Você precisa saber, portanto, que algumas espécies de mofo podem produzir toxinas conhecidas por terem efeitos adversos em seres humanos e também em animais. Tenha cuidado. Armazene os produtos com segurança e higiene.


#SegueaLeader #SaudeLeader #SomosTodosLeader #Queijo #Mofo #Pão

15 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo