top of page
Buscar
  • Foto do escritorLeader Saúde

Não beber água o suficiente pode te trazer diversos problemas



A maior parte do nosso corpo é formada por água: ela representa, em média, 60% de tudo o que existe dentro da gente. Não é de surpreender, portanto, que a sua escassez provoque todo tipo de problema. Confira alguns deles:

 

1. Piora da memória e do raciocínio

Com a idade, o ser humano tende a beber menos água. O que está por trás? O que está por trás? Efeitos colaterais de medicamentos, medo da incontinência urinária, mobilidade reduzida para buscar o líquido ou, simplesmente, esquecimento.

 

A ingestão insuficiente mexe diretamente com a cabeça: o idoso fica mais sonolento, confuso e com o pensamento lento. Beber água faz o sangue ter mais fluidez, levando nutrientes e oxigênio para o cérebro.

 

2. Envelhecimento da pele

Quem se esquece dos goles e leva uma alimentação desequilibrada encara as consequências no espelho. Embora os estudos ainda não sejam conclusivos, os médicos concordam que a bebida está por trás de muitos processos que ajudam na elasticidade da pele, impedindo que ela adquira um aspecto flácido ou seco.

 

3. Mau hálito

Se você fica um longo período sem tomar água, é possível que algumas pessoas se esquivem ao ouvi-lo de perto. É que talvez elas sintam um dos efeitos desagradáveis da desidratação: o mau hálito. Com menos água, a produção de saliva diminui e a secura facilita a vida dos micróbios que já estão naturalmente em nossa cavidade bucal.

 

A halitose é um sinal de que esses micro-organismos estão avançando no pedaço. Se não forem controlados, eles podem levar a outros problemas mais sérios, como a gengivite.

 

Nada substitui uma boa escovação, claro, mas evitar a boca seca retarda o desenvolvimento dessas criaturinhas indesejáveis.

 

4. Queda no desempenho escolar

Crianças bem hidratadas vão melhor na sala de aula. É o que indica uma pesquisa conduzida por cientistas da Universidade Northeastern, nos Estados Unidos, com estudantes de 9 a 11 anos. Eles tinham que beber doses diferentes de água e, depois, passavam por testes para avaliar tempo de reação, memória e capacidade de realizar várias tarefas ao mesmo tempo. Quem tinha consumido uma quantidade mais próxima da recomendada apresentou resultados superiores. 

 

5. Dificuldade para perder peso

A água, por si só, não tem propriedades emagrecedoras. Mas tudo leva a crer que a ingestão correta atenua o acúmulo de quilos extras.  Por ela não ter calorias, quem está de olho na balança obviamente sempre a encara como uma alternativa natural a qualquer bebida açucarada. Mas um novo experimento aponta que a água é vantajosa mesmo quando comparada a bebidas dietéticas.

 

6. Cansaço diário

A água é fundamental para a circulação sanguínea e, com isso, o transporte de nutrientes e oxigênio até a massa cinzenta — processo que fornece a energia necessária para realizarmos cada tarefa do dia.

 

Então, se você anda se sentindo mais fatigado que o normal no trabalho, talvez a culpa nem seja por negligenciar sua sede. Para tirar a prova, não custa deixar uma garrafinha por perto.

 

7. Dor de cabeça

Má notícia para quem convive com a enxaqueca: a desidratação costuma ser citada como um dos gatilhos para que ela apareça. A dor se assemelha àquelas causadas por excesso de tensão, com uma pressão capaz de afetar toda a cabeça e até mesmo a nuca. 

 

Para evitar essa situação, o ideal é se manter hidratado sempre, na medida recomendada de acordo com sexo, peso, idade e nível de atividades desempenhadas na rotina.

 

Fonte: Abril


751 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page