top of page
Buscar
  • Foto do escritorLeader Saúde

Julho Amarelo



Julho é o mês de conscientização sobre as hepatites virais, o conhecido “Julho Amarelo”. E a Secretaria da Saúde (Sesa) chama atenção para a campanha e a importância de manter a população informada sobre a prevenção, diagnóstico e o tratamento das hepatites. A hepatite é a inflamação do fígado, e pode ser causada por vírus ou pelo uso de alguns medicamentos, álcool e outras drogas, assim como por doenças autoimunes, metabólicas e genéticas. As hepatites virais são inflamações causadas por vírus e que podem ser classificados por letras do alfabeto em A, B, C, D (Delta) e E. São doenças silenciosas, na maioria dos casos.


Como ocorre a transmissão?

É importante que a população se atente à prevenção de quaisquer hepatites virais. As hepatites A e E têm suas formas de transmissões por meio do contágio fecal-oral, desta forma manter a higienização pessoal e dos alimentos, em especial os que são consumidos crus, são essenciais como prevenção aos casos.


Para as hepatites B, C e D as formas de transmissão podem ocorrer das seguintes maneiras:


- Transmissão por contato com sangue, por meio de compartilhamento de seringas, agulhas, lâminas de barbear, alicates de unha e outros objetos que furam ou cortam;


- Transmissão por relações sexuais sem preservativo com uma pessoa infectada pelos vírus das Hepatites B e D;


- Transmissão vertical que pode ocorrer durante a gravidez e o parto. Em relação à amamentação, a transmissão pode ocorrer caso ocorram fissuras nos mamilos durante a amamentação, mas esta não é contraindicada se forem realizadas ações de prevenção de hepatite B tais como a profilaxia para o recém-nascido, por meio da vacinação;


- Transmissão por meio de transfusão de sangue ou hemoderivados, muito comum no passado é atualmente considerada rara.


21 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page