Buscar
  • Leader Saúde

Natal, Ano Novo e pandemia: o que pode ser feito?



Com o aumento dos casos e das mortes pela Covid, os especialistas defendem uma ceia bem mais restrita neste fim de ano.

Todo cuidado é pouco, pois não se pode garantir que no dia a dia todos tem feito o distanciamento de forma adequada, muitos podem ter frequentado locais aglomerados como praias, shoppings, parques, etc. Elas podem estar expondo os demais integrantes da festa ao risco.


O primeiro conselho é evitar as festas com grande número de pessoas, para quem mesmo assim deseja realiza-las é necessário no mínimo reduzir a lista de convidados. Se a família é muito numerosa, dividi-la em turmas e festas diferentes.


Quem apresenta qualquer sintoma suspeito de covid-19 nos dias ou semanas anteriores a ceia não deve de forma alguma comparecer ao encontro, nem qualquer um que tenha convivido com a mesma.


Preservar idosos e outros que estão nos grupos de risco, sem chamá-los para festividades. O problema é que eles ficaram mais isolados durante esse tempo e estão emocionalmente mais necessitados de encontros familiares. Pode ser interessante que metade da família se reúna para uma ceia rápida com os mais velhos e quem é do grupo de risco e a outra metade faça no dia seguinte. Mas vale lembrar que a principal recomendação é de que essas pessoas não compareçam nas festas.


É recomendado tirar a máscara apenas durante a refeição, evitar canções e contagens regressivas para não espalhar gotículas de saliva.


O distanciamento deve permanecer, medir dois braços de distância uns dos outros, organizar para que a ceia seja em um lugar arejado e aberto, jamais compartilhar alimentos e utensílios, tudo deve ser restritamente para uso pessoal. Beijos e abraços apesar de muito desejados, definitivamente não são recomendados.


Algumas famílias adaptarão as festas tradicionais para as virtuais, será a forma mais segura para matar a saudade.


“Se a pessoa conseguir evitar de adoecer, é o melhor presente que ela pode dar para si mesma. Se ela conseguir evitar de transmitir a qualquer outra pessoa, é um presente enorme.” Que possamos passar por tudo isso vencedores.


#SegueaLeader #SaudeLeader #SomosTodosLeader #CeiadeNatal #Covid19 #Natal #DistanciamentoSocial #CoronaVirus #AnoNovo #Reveillon

5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
ANS--.jpg

CNPJ 02.127.779/0001-36

Copyright © 2019, Leader Assistência Médica e Hospitalar. Todos os direitos reservados.

ANS_LEADER-.png